DEPOIMENTOS

Desabafo

Eu achei que ele iria mudar pra melhor, mas nada melhorou. Quando eu via ou ouvia alguma história de mulheres que teimavam em ficar com maridos e/ou namorados mesmo tendo mais momentos tristes que felizes, sempre dizia que não passaria por isso, que não aceitaria certas coisas e de repente lá estava eu sendo protagonista de uma triste e real história, igual àquelas que tanto abominava. O ciúme doentio piorava a olhos vistos, e enquanto eu dormia, as minhas bolsas eram vasculhadas, daí até começar a sofrer violência psicológica foi um pulo, modos grosseiros, mau humor. Preferia nem mais sair de casa, pra não ter estresses. Ir a uma festa juntos era terminar a noite com brigas e choros, porque não podia conversar com os amigos. Sorrir então???!!!! Estava fora de questão. Até que um dia em um acesso de raiva, e em um lugar público, ele tentou segurar meu pescoço entre suas mãos e me empurrou contra o carro. Foi horrível! Fiquei aos prantos, e as poucas pessoas que viram não fizeram nada. Não, eu não o denunciei, eu não registrei queixa, tinha os anos vividos juntos, as respectivas famílias, os planos, a sensação de impotência e de frustração por não conseguir me libertar de uma relação. Sim, eu me arrependi depois de não te registrado queixa e ainda voltei a conviver com ele, depois de um período longe e de um pedido de perdão. A violência psicológica continuou, pior. E eu procurei refúgio no trabalho, alcançando sucesso profissional e conquistas e quanto mais eu progredia profissionalmente, mais a violência psicológica aumentava. Ele não ficava feliz com as minhas conquistas e menosprezava praticamente tudo que fazia, e ele se incomodava tanto com isso que esqueceu de si mesmo e começou a fazer coisas para me causar sofrimento. Fui criando consciência de que o que estava acontecendo só estava fazendo mal a mim e que aquilo não era amor. Foi dificil, mas um dia eu disse: “Não quero mais

OUTROS DEPOIMENTOS


Me bater

Ontem fui agredida Na madrugada Agora a pouco também... Não sei mas o q faço me ba... Leia mais


Desde que terminei um namoro há praticamente 8 meses ele não me deixa "em paz". Ele ... Leia mais


Medo

Sabe quando você tem um medo enorme e ele meio que se concretiza? Quando você desaba... Leia mais


PERGUNTAS RECENTES


Be sure - Do not panic! In most situations, deleted files can reanimate - even if you have cleared... Leia Mais
Estou grávida. Já tenho uma filha. Quero me separar do meu marido pq ele vive em bar, chega qdo ... Leia Mais
Estou grávida. Já tenho uma filha. Quero me separar do meu marido pq ele vive em bar, chega qdo ... Leia Mais
Estou grávida. Já tenho uma filha. Quero me separar do meu marido pq ele vive em bar, chega qdo ... Leia Mais
Meu marido me deu tres tapas na cara e n foi a primeira vez. to gravida e nao tenho pra onde ir, m... Leia Mais