DEPOIMENTOS

violência emocional

  Depoimento feito em 23/12/15  às 05:15

Oi! tenho 48, atualmente moro com meus pais e tenho uma filha de 10 anos que também mora conosco. Meu desabafo é que acredito que estou sofrendo violência emocional do meu pai. Nunca nos acertamos, me lembro que desde pequena quase nuca nos demos bem. Infelizmente não consegui independência financeira pra ter o meu próprio canto, também não sou casada e não tive muita sorte nos meus relac...

Assédio no transporte público

  Depoimento feito em 01/01/70  às 12:00

Acredito que humilhação seja a palavra ideal para descrever uma situação de assédio em pleno metrô. Indignação e revolta também fazem sentido quando você se vê numa situação de impotência, onde você simplesmente tem que aceitar o fato sem reclamar!!! Certo dia estava indo pro trabalho e na época ainda não tinha carro, o metrô realmente era uma boa opção pois a estação era per...

Desabafo

  Depoimento feito em 01/01/70  às 12:00

Eu achei que ele iria mudar pra melhor, mas nada melhorou. Quando eu via ou ouvia alguma história de mulheres que teimavam em ficar com maridos e/ou namorados mesmo tendo mais momentos tristes que felizes, sempre dizia que não passaria por isso, que não aceitaria certas coisas e de repente lá estava eu sendo protagonista de uma triste e real história, igual àquelas que tanto abominava. O ci...

violência doméstica - descaso pelo médico do IML e juízo local.

  Depoimento feito em 01/01/70  às 12:00

Sou advogada, professora de direito penal e criminologia e fui seriamente agredida pelo meu, até então, namorado, na madrugada do dia 07/03. Acelerou o carro, ficou em alta velocidade dizendo que pretendida me matar e se matar, arrancou o espelho frontal, o câmbio e me espancou durante todo o caminho de casa. Arrombou a porta daqui quando tentei impedi-lo de entrar, rasgou meu vestido e só par...

Violência emocional

  Depoimento feito em 01/01/70  às 12:00

Sofro de depressão e estava piorando por causa do término de um namoro no final do ano passado. Certo dia eu postei um recado com um viés suicida no facebook e esse cara veio puxar assunto, demonstrando preocupação e disposição a me ajudar. No começo eu não dei moral, até porque ele nem me conhecia, mas depois eu comecei a conversar com ele. Em meados de janeiro começamos a conversar co...

OUTROS DEPOIMENTOS


Se eu não te amasse tanto assim Talvez perdesse os sonhos Dentro de mim E vivesse n... Leia mais


Feridas do passado

Sou homem. Preciso contar essa história pois amo e quero ajudar minha parceira de algu... Leia mais


Hoje eu fui na padaria, era de tarde ainda e no caminho um carro passou e buzinou para ... Leia mais


PERGUNTAS RECENTES